terça-feira, 27 de abril de 2010

Por dentro de cada um



.


Por dentro de cada um

Por dentro de cada um
Existe um mundo
Diferentes para alguns
Para outros escuro e profundo.

Por dentro de cada um
Há uma beleza que não aflora
Um imenso senso comum
Uma luz que chega e vai embora.

Por dentro de cada um
Há um caminho a pecorrer
Um sentimento incomum
Um desejo de conquistar e ter.

Por dentro de cada um
Há uma beleza onde mora
Um ser puro e comum
Que deseja sair pelo jardim afora.

Por dentro de cada um
Há um vazio, uma solidão
Caminhos que vão a lugar algum
Desejos que vem e se vão.

Por dentro de cada um
Há um ser que ainda mora
Numa cidade em jejum,
Quer um amor sem demora.

Betânia Uchôa

5 comentários:

Patricia s2 disse...

Cada um tem um mundo desconhecido, que são difíceis de serem desvendados.Não descobri os caminhos certos a seguir, mas aprendi a seguir meu coração, para quem sabe construir um céu mais colorido.
bejuxus!!!!!
amei,estarei sempre aqui...

"Cantinho Poético" disse...

Livres
interiorizamos a esperança,
sorvemos o Sol
dos dias que fogem,
Vestimos o desespero
com pétalas de flores.

Luiza Caetano

Beijos perfumados no coração! M@ria

Amor feito Poesia disse...

FELICIDADE

És precária e veloz.
Felicidade
Custas a vir e quando vens,
Não te demoras,
Foste tu
Que ensinaste aos homens
Que havia tempo
E, para te medir,
Se inventaram as horas


Cecília Meireles

Beijos poéticos prá ti neste dia!! M@ria

Carlos Rímolo disse...

Querida amiga e poetisa Betânia!!!!!
Lindo poema. De fato cada um de nós tem um mundo próprio, uma estrada, um caminho. É a vida!
Beijos de luz e poéticos!

POETA CIGANO - 02/05/2010

carlosrimolo.blogspot.com

Chá de Fita disse...

cada um cada um
cada qual em seu antro particular...

aparece prum chazinho
http://tomechadefita.blogspot.com/