sexta-feira, 16 de abril de 2010

Chamando o outono

Chamando o outono


Já demos adeus aos dias de verão
O dia se fez fresco e mais ameno
E pelas folhas jogadas pelo chão

O tempo do outono chega sereno.

Essa estação nos leva a fantasia
O vento vem forte e com nobreza;
O chão vira um tapete ao fim do dia,
Na mente um pouco dessa pureza.

Mas em mim o outono é singelo,
A beleza se ver em sua cor e frescor;
É um cenário dos mais belos:

Até a chuva descerá em gotas e cor.
E enquanto eu espero para ver,
Meus versos serão pétalas ao nascer.

Betânia Uchôa

4 comentários:

Essências da Alma disse...

O outono tbem me encanta, pela brisa serena, pelas folhas esmaecidas que se espalha, pelo lindo colorido do arrebol ao entardecer. Belissimo soneto poetisa querida. Te deixo meu Cartaozinho de visita, espero que goste. Beijo n'alma!

http://images.orkut.com/orkut/photos/OQAAACPvfsaNbREbZDdmTmkmB6wogQ3TafnD4WZmX-di4wQU6y-hd6YFoHzcWKv76rSdojNkwd77_uZboWIOVc0kJZYAm1T1UFHtZnVPLi-Z41qnMioROcD_-ZzO.jpg

Carlos Rímolo disse...

Querida Betânia!!!
Só uma poetisa maravilhosa como você para falar tão belamente do outono. Você o descreve em seus pormenores, usando a sua sensibilidade poética apurada, digna dos grande poetas. Meus parabéns!
Beijos de luz!!!!

POETA CIGANO - 20/04/2010

carlosrimolo.blogspot.com

Amor feito Poesia disse...

[...]Passam os séculos, os homens, as repúblicas, as paixões; a história faz-se dia por dia, folha a folha; as obras humanas alteram-se, corrompem-se, modificam-se, transformam-se. Toda a superfície civilizada da terra é um vasto renascer de coisas e idéias.”

Machado de Assis


Feliz semana e Bom Dia!!!!

NELLY disse...

Um primor, esta poesia.
Adoro o outono,e tudo que à ele se refere....
Lindas tuas poesias, querida!

beijos cariocas