segunda-feira, 12 de abril de 2010

O que me assusta


O que me assusta

é não acreditar nos sonhos
deixando a realidade tão crua
fazendo o dia, um dia tristonho...

O que me assusta,
é não ver mais as estrelas
ver sempre o céu nublado, sem vê-las
sem o brilho na noite, não tê-las...

O que me assusta,
é deixar de ver a aurora chegando
sentir a tristeza do mundo
E não ter força para manda-la embora...

O que me assusta,
É a completa falta de esperança
não ver o riso chegando
não ver mais crianças brincando...

O que me assusta,
É ver o homem contra a natureza,
E do amanhã não ter mais certeza,
É ver a natureza, agora contra o homem...

Betânia Uchôa

Um comentário:

Carlos Rímolo disse...

Querida amiga e poetisa Betânia!!!!

Muito linda e também real a sua poesia. Um belo texto. Meus parabéns!

POETA CIGANO - 13/04/2010

carlosrimolo.blogspot.com