terça-feira, 3 de novembro de 2009

Aluado









Noite bonita, noite de lua, lua crescente!
É um belo quadro, um breve olhar, alucinante!
E se ainda não me recuperei, estou doente!
Pela febre de paixão, me sinto crente!
Te suplico, me salve! Peço-te, clemente!

Noite bonita, noite de lua, lua crescente!
Ah! vem um pouco de loucura, na mente!
Me vejo flutuar ao teu encontro, demente!

Lua, lua ...sou um sonãmbulo, sente!
Eu vejo estrelas, e mesmo acordado, sou temente!
Com meus sentimentos agora tão transparentes!
Minha mente flutua, oh! lua, lua crescente!

Betânia Uchôa


2 comentários:

Eriem Ferrara disse...

Seu blog tá show de bola Betania, bastante criativo com imagens e riqueza poetica. Parabèns! Adorei visita-la uma vez mais. Bjo!

aida disse...

Amei seu Blog e suas Poesias.
Parabens.