quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

A lágrima que caiu






A lágrima que caiu

Hoje caiu uma lágrima
Não de tristeza,
Apenas caiu, veio rolando de cima
Escorregando em sua beleza.

Hoje caiu uma lágrima roubada
Sentimento profundo, latente
Caiu, desfazendo-se na madrugada
Libertando-se de forma valente

Hoje ela caiu, mas sem aquele véu
Parecendo uma pequena tempestade
Vista descendo do céu.

E foi aquele sentimento louco
Que veio como uma majestade
Aliviando o peso do meu corpo


Betânia Uchôa

2 comentários:

FLOR disse...

lindo BETANIA
RAINHA DA POESIA
BJS TE ADORO
bjs flor

Carla Fabiane disse...

Todo dia quando acordo eu me lembro de vossa face, como é lindo o brilho que irradia dos teus olhos, esse brilho me ajuda a seguir com mais ânimo e alegria, pois você, é, e sempre será muito especial pra mim...Cara amada, nunca digas não quando o seu coração estiver dizendo sim, e, lembre-se que o sentimento mais puro e sincero que o homem é capaz de possuir, É O AMOR. Muitíssimo obrigado, pelo simples fato de você existir e me deixar fazer parte de vossa vida. EU AMO VOCÊ!!!