quinta-feira, 3 de junho de 2010

No meu corpo



No meu corpo

No meu corpo
Abrigo um rosto
Em todas as suas nuances.
Abrigo um corpo
Em todas as suas formas
Abrigo olhos que assistem
Toda a minha existencia...

No meu corpo
Abrigo um sentimento
Continuado em toda a minha história
Abrigo um sonho, uma fantasia
Pedaços, partes minha e tua
Uma trajetória, uma alegria...

No meu corpo
Abrigo lembranças,
Nem sempre só alegrias,
Mas se for dor, é passageira,
Abrigo meu ontem, o hoje
E o meu amanhã, sonho e rebeldia...

No meu corpo
Abrigo um amor, música,
E poesia, muita poesia,
Abrigo o brilho da noite,
O dia, uma linda melodia...

No meu corpo
Abrigo o poder da criação
Uma parte de mim em canção,
E uma prece na oração...

No meu corpo
Há um coração
Há o criador,
Há a emoção.

Betânia Uchôa

7 comentários:

Patricia s2 disse...

" no meu corpo
há um coração..."

mas tantas vezes , muitas vezes, esquecem que eu também tenho uma...

Tereza disse...

olá , gostaria de saber o nome da música que toca quando abro seu blog.


beijos, parabéns pelo blog.

Betânia Uchôa disse...

Tereza, obrigada pela visita, volte sempre! a música que você escuta ao entrar no blog é da Vanessa da Mata, "Boa Sorte".

Tereza disse...

Betania, não é esta musica da Vanessa da Mata, era uma instrumental,eu ouvi no dia 07/06.
Obrigada pela atenção.
Beijos.

SMM disse...

Oi ! Achei teu blog uma graça! Se puder me visite, http://sindromemm.blogspot.com

nolivia disse...

Doce Poetisa,teu cantinho esta lindamente poetico,és pura poesia...adorei!!
abs poeticos

Nadia II disse...

Amei é uma linda poesia ... Nota Mil, minha amiga poetisa .... Bjs de Luz!!

Nadia