quinta-feira, 15 de julho de 2010

Doces Palavras

 

Doces Palavras

 

No verso, na canção, na oração irmã
Uma língua, igual das abelhas rainhas,
Palavras nossas, tuas e também, as minhas
Procuradas, torturadas nesta busca vã.

Elas são como cânticos ouvidos pela manhã
Que de tão belos, chegam e me acarinhas,
Elas escorregam pelo papel em forma de linhas
São trabalhos, uma arte feitos por uma artesã.

São cura para o coração doente, olhos tristes;
Contam uma história, afirmam que tu existes
Falam do ontem, do hoje, de forma cantada.

Te lembra do riso, do amor, o seu melhor;
Fala de um sentimento tão maior,
Elas estão ai, para que não esqueças de nada!...

Betânia Uchôa

3 comentários:

Amor feito Poesia disse...

"Tenta te orientar pelo calendário das flores, esquece, por um momento os números,
a semana, o dia do teu nascimento. Se conseguires ser leve, aproveita, enche tuas malas de sonho e toma carona no vento."


- Fernando Campanella -

Te desejo amor e paz...Beijos M@ria

Amor feito Poesia disse...

"Amigos são flores plantadas ao longo
do nosso caminho para que saibamos
encontrar primavera o ano todo."

(Letícia Thompson)

Feliz Sábado e beijos na alma...M@ria


Obs:Tem selinho aqui,um carinho prá voce!Leve-o.

Carlos Rímolo disse...

Querida amiga e poetisa Betânia!!!!

Passando por aqui para deixar meu carinho e deleitar-me com esse seu maravilhoso blog. de lindos conteúdos. Adoro visitá-la!
Beijos de luz!!!!

POETA CIGANO - 27/07/2010

www.carlosrimolo.blogspot.com